CTG Porteira da Amizade leva a cultura gaúcha a Portugal

Uma delegação de 26 pessoas, entre dançarinos, músicos e acompanhantes, embarcam no dia 24 de julho, rumo a Portugal, permanecendo por 21 dias a fim de realizar um intercâmbio no Festival Internacional de Folclore de Alfarelos, e outros na região, em especial na Figueira da Foz. O grupo ficará nesta região até o dia 30 de julho e depois irá para Coimbra, sob a responsabilidade da Rádio do Folclore Português e Vitral Ltda – Cultura e Animação Turísticas – dirigidas por Sérgio da Fonseca, de Coimbra. Ficarão nesta cidade e região entre os dias 30 de julho a 12 de agosto, onde participarão do Folk Cidade de Coimbra – Week Internacional of Folklore 2012, onde se apresentarão em diversos palcos do Distrito de Coimbra.
Afinados com a música na ponta da língua e a dança na ponta dos pés os integrantes da invernada adulta do CTG Porteira da Amizade, há meses vêm ensaiando a coreografia das danças folclóricas gaúchas que serão apresentadas na Europa, difundindo assim não somente os costumes da terra natal, mas sim, a cultura do Rio Grande do Sul, nos festivais de Portugal.

O convite para ir a Portugal deu-se no ano passado, quando em setembro, o Grupo Folclórico e Etnográfico de Alfarelos esteve em Relvado, participando de uma integração, demonstrando a Cultura Portuguesa para a região. E, por meio do ICP, através do Departamento de Assuntos Portugueses, comandado pelo Diretor Carlos Soares, o intercâmbio foi intermediado. Nestas negociações não se pode esquecer do empenho do patrão Selito Toniollo e da sua patronagem, e da Fabiane Luft, que trabalharam incansavelmente para viabilizar a viagem, tendo em vista que isto envolve pessoas, custos, ensaios etc. Mas os frutos estão aí. Todos prontos para embarcar nesta viagem de cultura, saber e lazer.

Para o instrutor do grupo, professor Adroaldo Kalunga “ será um espetáculo da cultura sul-açoriana rio grandense em solo europeu”.

Segundo Kalunga, a viagem durará 21 dias e a comitiva apresentará belas e ricas apresentações “mais do que viajar, dançar e cantar, vamos para criar um elo e deixar o público deslumbrado com a nossa cultura, que é tão bela e rica” ressalta. Além da dança e da música, o chimarrão, o churrasco e o artesanato da região serão exaltados na viagem. O espetáculo será integrado com danças tradicionais como a dos facões e a chula. O regresso do grupo para o Brasil se dará no dia 13 de agosto, na cidade de Lisboa. Na agenda do grupo está agendado uma visita à Fátima e a outras regiões de Portugal.

FONTE: Folha Revaldense

APP Marketing Digital / Marketing Digital