Conheça Relvado

aerearel1

Vista aérea de Relvado

Antes de Relvado ser Relvado

No início o lugar não tinha nome. Eram terras próximas ao Arroio Jacaré, lá em junho de 1898. As terras foram loteadas e os primeiros imigrantes construíram uma Capela em louvor a Santo Antônio. E aquele lugar que não tinha nome passou a ser Santo Antônio do Jacaré.

No ano seguinte começaram a chegar famílias; os sobrenomes indicando sua origem italiana. Eram Cagliari, Benini, Bergamaschi, Pavan e outros. “Tutti buona gente”.

Era uma vida dura, duríssima. Comércio só existia em Encantado e Lajeado, distantes mais de 50 quilômetros. O transporte das mercadorias era feito nos lombos das mulas. A viagem aos centros comerciais, às vezes, durava dois dias de ida e dois de volta. Mas, apesar dos pesares, o progresso acontecia.

Vinte anos depois, em 1919, o povoado já tinha 22 prédios e 122 habitantes e tinha centro telefônico! Em 1930 havia energia elétrica! Aos poucos, a pequena comunidade progredia, com a colaboração e força de vontade do seu povo.

A Capela foi promovida à Paróquia e o primeiro Padre Vigário, João Marchesi, chegou em fevereiro de 1934.

Em 1935 o povoado vira Distrito, denominado Santo Antônio de Gramado. O nome surge por haver, na praça central, uma grande mancha de grama.

E, finalmente, em 1938 o Distrito passa a ter oficialmente o nome de Relvado que, como sabemos, dura até hoje.

Com o crescimento local chegam as novas ideias, entre elas a discussão política de emancipar Relvado.

Em 10 de abril de 1988 acontece o plebiscito e o “sim” ganha disparado.

Em 9 de maio de 1988, a Lei nº 8.604 cria o Município de Relvado. Que é nossa paixão até hoje.

 

Mas onde fica esta nossa paixão? Quem vive aqui? O que fazem?

Onde? 180 quilômetros distante de Porto Alegre – RS ou, se preferir, Encosta Inferior do Nordeste – Vale do Taquari. Área de 108,5km².

Quem? 2.155 habitantes, a maioria de origem italiana.

O que fazem? A maior parte trabalha na agricultura, que é a base econômica do município. Avicultura, suinocultura, gado leiteiro e reflorestamentos, representando 91% da economia. Indústria e comércio ficam com 7% e a área de serviços com 2%.

O que Relvado tem de apaixonante?

Vales, cascatas, cachoeiras, matas nativas. E grutas, muitas grutas. Cada uma com seus mistérios e segredos cultivados com carinho pela população.

É uma das rotas turísticas mais lindas do Rio Grande do Sul.

E na vida do dia a dia, Relvado oferece o quê?

Uma completa infraestrutura básica de saúde, educação, cultura e assistência social, melhorando sempre a qualidade de vida de seus 2.155 habitantes.

Algo mais?

Sim! Eventos! Muitos eventos! Divertidos, alegres, gastronômicos, musicais, descontraídos e culturais. Relvado oferece programação de janeiro a janeiro.

Isso tudo é mesmo verdade? Prove!

Sim! E provamos! Relvado ocupa o terceiro lugar no Brasil em quantidade de idosos, proporcionalmente à sua população. Vive-se mais e melhor em Relvado do que em outros lugares.

 

RELVADO – um lugar apaixonante

APP Marketing Digital / Marketing Digital